sábado, 15 de novembro de 2014

Evento – 5o Encontro Nacional da Associação Brasileira de Relações Internacionais – ABRI

A Associação Brasileira de Relações Internacionais – ABRI informa a chamada de trabalhos para o seu 5º Encontro Nacional que terá lugar na cidade de Belo Horizonte, de 29 a 31 de julho de 2015. O Encontro procurará refletir sobre os processos e abordagens que estão redefinindo a diplomacia em um mundo em transformação. Veja detalhes sobre o eventoaqui.
As inscrições de trabalhos permanecerão abertas entre 15/11/2014 e 20/02/2015.
A programação do evento prevê a realização de workshops, painéis, mesas redondas, minicursos e mostra de Iniciação Científica.
A comissão organizadora nacional é assim composta pelos Professores Paulo Esteves – PUC-Rio, Antonio Carlos Lessa – UnB, Carlos Enrique Ruiz Ferreira, UEPB – Cristiano Mendes Garcia – PUC Minas, Matilde de Souza- PUC Minas e Javier Vadell – PUC Minas.
Veja edital completo aqui.

Fonte: Mundorama

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

CREDN debaterá o futuro das políticas Externa, de Defesa e Inteligência

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN), da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 12, requerimento do seu presidente Eduardo Barbosa (PSDB-MG), para a realização do Seminário "O Brasil no Mundo: deveres e responsabilidades", em 2 de dezembro. O evento irá debater os desafios e o futuro das políticas Externa, de Defesa e Inteligência.


Sem ônus para a Câmara dos Deputados, o Seminário será realizado em parceria com o Instituto InfoRel de Relações Internacionais e Defesa que em 15 de novembro celebra 10 anos de criação e tem o apoio da Fundação Konrad Adenauer, da Alemanha, da União Europeia e do Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI).
CREDN debaterá o futuro das políticas Externa, de Defesa e Inteligência
Foto: Luis Macedo (CD)
Eduardo Barbosa defende realização de debates acerca dos temas de mérito da CREDN
De acordo com Barbosa, "o Brasil ocupa hoje posição de destaque no concerto das Nações, alcançado após décadas de intensas ações no campo da diplomacia, com a adoção de uma Política Externa ousada, bem como uma Política de Defesa clara e objetiva, em que o soft power brasileiro se consolidou como pilar essencial para a projeção de poder do país, e uma Inteligência cada vez mais presente e balizadora da tomada de importantes decisões".
O Seminário será aberto pelo principal investigador de Terrorismo Internacional do Real Instituto Elcano, de Madri, professor Fernando Reinares que foi assessor de antiterrorismo da Espanha por muitos anos e é uma das principais autoridades mundiais no assunto.
Após a aula magna, serão realizadas três mesas temáticas: Política Externa: da emergência ao protagonismo – uma agenda para as Relações Internacionais do Brasil; Inteligência: política de Estado, assuntos estratégicos; e Defesa: dissuasão, indústria, desenvolvimento e projeção de poder.


Assessoria de Comunicação
Jornalista Responsável: Marcelo Rech
Telefones: 55 61 3216 6737
                   55 61 8153 2514

Fonte: Câmara